Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

Já Está à Porta!

 

Mais uma data importante se aproxima. Pelo menos para quem lhe dá importância e a vive com intensidade. O que não é o meu caso já há bastante tempo.

 

É tempo de introspecção e reflexão, de formular desejos para o tempo futuro. É tempo de analisar os erros do passado para os corrigir no futuro. É tempo de recordar os bons e os maus momentos.

É tempo de rever as nossas atitudes e decisões tomadas anteriormente para prosseguirmos a nossa vida com a lição já apreendida.

É tempo de procurar a Paz, o Amor e a Felicidade tantas vezes esquecidos…

É tempo de Esperança!

 

Pretendo passar a minha Passagem de ano aqui na minha casinha em companhia do N. e do Pimentinha e mais alguém se juntará a nós de certeza. Faremos um jantarinho fixe. Depois iremos esperar pela meia-noite para comer as detestadas passas e fazer todos os outros rituais de passagem de ano velho para o ano novo.

Iremos bater as panelas e tacho para a janela e gritar ao mesmo tempo que assistimos ao fogo de artifício quer de um lado da casa, quer do outro. Terminamos com o bebericar do champanhe.

Tal como acontece com o fogo de artifício, também nós esmorecemos enquanto os minutos começam a avançar no Ano Novo.

 

Antes tinha muita pena se não ia sair neste dia. Mas este ano estou muito desmotivada para estas coisas. Talvez devido às contrariedades da vida…

 

Dia de Princesas

                                                

 

Ontem foi o dia das princesas, aqui em casa. Tive a honra da presença da princesa B. (a minha priminha) e a da princesa L. (a minha afilhada). Só foi pena os horários terem sido desencontrados.

As duas miudinhas estão o máximo. A B. já ultrapassou a fase do Natal e já está no Carnaval. E até já escolheu a sua máscara: quer vestir-se de noiva. E isto porquê? Porque todos os dias vai ver o vídeo do casamento dos pais e vai admirar o vestido de noiva da mãe. E até o quer experimentar...! Mas a pobre B. ainda tem que crescer mais um bocado: é que nem em cima de uma cadeira o vestido lhe serve!!!

Nos seus planos futuros está tirar a carta de condução. E já tem tudo planeado. Quer um carro azul (sua cor preferida) e grande para levar toda a gente lá dentro. Até o Bóbi e o Pimentinha lá têm o seu lugar reservado! Grande salganhada que havia de ser com estes dois...

A L. está muito esperta e desenvolvida. Passou a noite inteira a cantar-me a canção de Natal que vai apresentar na festa do infantário. E tudo muito direitinho! Cantou para mim, e para o resto da família.

Agora gosta imenso de inventar histórias. Imaginou que estava um bicho debaixo da minha cama e, depois de fazer um grande filme, acabou por ser ela a derrotar o bicho e matá-lo! Se não fosse esta princesa...

Pediu-me para lhe fazer o tótó como o meu (eu estava com o cabelo apanhado com uma mola), e para lhe pintar as unhas... de cor de rosa! Disse-me que a mãe também lhe tinha pintado as unhas desta cor! Como eu conheço bem a mãe e sei que ela não usa verniz, calculei que aquilo fosse mais uma história inventada.

Para rematar a mudança de visual, fiz-lhe uma coroa de papel que ela adorou!

Foi assim que se passou mais um último dia de aulas. Fartei-me de fazer jogos com os meus alunos, que eles adoraram, e ainda recebi 3 prendinhas! Não estava nada à espera...

Parece que, afinal, o meu Pai Natal chegou mais cedo.

Agora só falta o meu princípe encantado, que está a caminho, vir buscar-me para irmos para o nosso castelo altaneiro. E com o meu fiel escudeiro, Pimentinha!